Vantagens de monitorar o tráfego do Microsoft Teams | Skype com o NetFlow Traffic Analyzer

Enquanto o mercado convencional segue mudando, o trabalho remoto é notado como sendo uma solução dinâmica, capaz de se adaptar aos mais diversos lugares e situações.

A tendência de uso colaborativo desempenha papel importante na transformação dos recursos digitais. Organizações como Microsoft e SolarWinds atuam na criação de aplicações que auxiliam a comunicação, sem abrir mão da segurança.

A flexibilidade de acesso e comunicação que a Microsoft Teams e Skype se propõe em oferecer, acaba por tornar democrático o uso de soluções em vídeos para reuniões online. Nessas circunstâncias, a demanda por monitoramento de dados e proteção da informação, pode ser reparada com o suporte do NetFlow Traffic Analyzer.

Para melhorar a experiência de trabalho remoto e entregar um case maior de aplicações, a Microsoft por meio do Teams/Skype e a SolarWinds através do NetFlow Traffic Analyzer, já é uma opção assertiva de parceria técnica. 

Implementar aplicativos de monitoramento em plataformas de comunicação digital, é solução fácil de ser ativada e gerenciada. Unir as vantagens do Teams/Skype com as do NetFlow Traffic Analyzer, é  extrair o melhor da unificação de recursos distintos, mas que se complementam.


Protocolo do Reconhecimento de aplicativo baseado em rede de próxima geração (NBAR2)

Se a sua infraestrutura de rede é compatível com o protocolo NBAR2 e você está executando o Protocol Pack 37.0.0 ou posterior, significa que o Microsoft Teams/Skype está sendo exibido como uma família de aplicativos.  Depois de detectada, ela aparecerá como “skype”, “ms-teams”, “ms-teams-audio”, “ms-teams-media” e “ms-teams-video”. 

Se a sua infraestrutura de rede não for compatível com o NBAR2, você ainda poderá obter a classificação para comunicações do Microsoft Teams/Skype.

 

Criação de aplicativos personalizados

O aplicativo personalizado para monitorar o Microsoft Teams/Skype requer duas ações.  A primeira consiste em criar um Grupo de IPs personalizado com os endereços de destino do aplicativo.  Felizmente, a Microsoft aceita a publicação das informações de IP


Crie o grupo de IP

Na página de configurações do NetFlow, role até Grupos de endereço IP.

Crie um novo grupo e adicione os endereços.

Essas listas são raramente pequenas; para agilizar o processo, anexamos um arquivo que você pode importar. Veja o anexo a seguir. Se você desejar importá-lo, não deixe de anexá-lo à lista de IPs existente.


Crie o aplicativo para várias portas

A última etapa para criar o aplicativo personalizado é configurar as portas para correspondência de tráfego. Na página de configurações do NetFlow, selecione “Portas de serviços e aplicativos”.

Clique em “Adicionar aplicativo” e atribua um nome a ele, digite “80,443,3478-3481” na lista de portas e selecione Microsoft Teams/Skype no Endereço IP de destino.

Envie todas as suas alterações.
Agora, o novo aplicativo personalizado será exibido no seu Navegador de fluxo.

Usar grupos de IP para diferenciar o tráfego de aplicativos é uma forma simples de obter uma visão clara de alguns serviços de aplicativo e pode oferecer insights das medidas a serem tomadas. A seguir, compartilhe suas experiências com os aplicativos personalizados.